World Travel Guides


Butão - Getting there & away, getting around


Butão - Getting there & away

Existem apenas dois pontos de entrada no Butão: a maior parte dos visitantes chegam a Paro por via aérea, enquanto outros chegam por estrada a Phuentsholing, na fronteira sul com a Índia. Seja como for, terá sempre de viajar pela companhia aérea nacional, a Druk Air, tanto para entrar como para sair. A Druk Air é a única companhia a fazer voos para o país e não tem quaisquer acordos com outras companhias, pelo que terá de adquirir o seu bilhete no próprio aeroporto onde embarcar para o Butão. De todos os voos sobre os Himalaias, o de Kathmandu para Paro é o que proporciona a vista mais deslumbrante. Para desfrutar a melhor paisagem, procure arranjar lugar à janela do lado esquerdo.

A Druk Air não emitirá o seu bilhete até receber o seu "certificado de aprovação de visto" da Autoridade do Butão para o Turismo. Não havendo competição, os bilhetes são caros. À chegada ao aeroporto de Paro, a sua autorização de visto transformar-se-á miraculosa e rapidamente num visto.

O aeroporto de Paro fica a menos de duas horas de Thimphu. É provável que um veículo previamente reservado o leve directamente do aeroporto para lá. A taxa de aeroporto é de cerca de 7 USD.

A melhor forma de planear a sua viagem por terra é partindo de Kathmandu, com possíveis paragens pelo caminho para visitar Darjeeling e Sikkim.


Getting around Butão

Não havendo no Butão voos internos, helicópteros e rede ferroviária, a única forma de visitar o país é a pé ou por estrada. Se possuir um visto turístico normal, o seu operador turístico providenciará todos os transportes. Se estiver a trabalhar num projecto governamental ou for um cidadão indiano, terá de contar apenas com os transportes públicos. Nesse caso, boa sorte! Os autocarros andam sempre apinhados e as estradas sinuosas tornam-nos terrivelmente desconfortáveis.

Se não tiver um veículo à sua disposição, é possível alugar um com motorista através de uma agência de viagens. A Autoridade do Butão para o Turismo está interessada em promover o ciclismo de montanha, o que é uma maneira excelente de conhecer o país, sobretudo os vales de Thimphu e de Paro. Espera-se que num futuro muito próximo se possam alugar bicicletas. Não há taxímetros nos táxis e as tarifas podem ser negociadas, embora às vezes os taxistas exagerem no preço.


Hosting by: Linux Hosting
Travel Guides | Guides Site Map | Indian restaurant | Daily deals
© WorldGuides 2018. All Rights Reserved!